Conheça os principais tipos de aço e suas aplicações

Sendo um produto fundamental para a indústria e a construção civil, o aço tem propriedades muito úteis. Devido a sua grande variedade de formas e tipos, também existem diversas aplicações para cada composição e objetivo. Nesse sentido, vale a pena conhecer quais são os seus principais tipos e aplicações.

Foi por isso que selecionamos as suas classificações, bem como os tipos mais utilizados para cada uma delas. Confira-as a seguir.

Os principais tipos de aço e suas aplicações

1. Classificação pela composição

No que se refere à composição do aço, há duas variações, o aço carbono e o aço liga.

Aço carbono:

Apesar de que todo aço possui carbono em sua composição, esse tipo é derivado apenas da junção do ferro com o carbono. Todavia, o teor de carbono pode variar sem quantidades significativas de outros na composição.

Utilizado em diversas aplicações, o aço carbono é muito buscado para:

  • uso industrial e comercial;
  • placas para produção de tubos de aço;
  • construção civil;
  • rodas e equipamentos ferroviários;
  • engrenagens para peças de máquinas que necessitam de alta resistência mecânica;
  • matéria-prima para obras arquitetônicas e de arte contemporânea;
  • equipamentos de ginástica;
  • brinquedos;
  • corrimões de escadas;
  • hidrantes;
  • estruturas metálicas, estandes, usinagens e serralheria;
  • equipamentos hospitalares.

Aço liga:

Nesse tipo, os elementos como manganês, silício, níquel, cromo, vanádio, entre outros, fazem parte das ligações entre ferro e carbono. Por conta dessa associação o aço tende a ampliar algumas propriedades como:

  • resistência mecânica;
  • resistência química;
  • dureza, entre outras propriedades.

Por isso também podem ser utilizados para diferentes aplicações, conforme a exigência de uma mais propriedades geradas por esse tipo.

2. Classificação pela aplicação:

Nessa classificação, há quatro tipos de aço para cada objetivo de aplicação. São eles:

  • Estruturais: na grande maioria das vezes, são formados por aços carbonos ou com pequenas quantidades de elementos de liga. Esse tipo é utilizado principalmente pela sua alta resistência mecânica, que é necessária para a indústria da construção.
  • Para molas: como seu nome já sugere, esse tipo é útil para a fabricação de molas. Esses aços garantem força e tensão, além de um elevado limite elástico. Para garantir essas funções o aço liga é muito frequente.
  • Aços para fundição: possuem boa resistência, sendo úteis para a fabricação de peças em aço fundido.
  • Aços para construção mecânica: são aços carbono ou com baixo teor de liga. Esse tipo pode ser utilizado para a fabricação de peças forjadas, eixos, rolamentos, engrenagens, entre outros.

3. Classificação pela geometria

Nessa classificação de aço, os modelos são divididos conforme o seu formato e acabamento.

  • Semi Acabados: são os aços que tiveram a produção interrompida na etapa do lingotamento. Por isso, podem assumir formas de blocos, tarugos ou placas.
  • Produtos planos: após o lingotamento, esses aços passam por dois cilindros que aplicam uma força de compressão (laminação). Como resultado, é formada uma placa que pode vir a ser organizada em chapas ou enrolada como bobinas.
  • Produtos longos: apesar de que também podem vir da etapa da laminação, o formato desse tipo de aço é de: barras, telas e treliças, cantoneiras, etc.

Os mais produzidos

Tendo em vista todas as variáveis, conheça agora quais são os modelos de aço mais produzidos.

  • Laminado à quente: interessante para produção de autopeças, tubos metálicos, rodas, entre outros.
  • Laminado a frio: interessante para esquadrias para a construção civil, eletrodomésticos, automóveis, entre outros.

Veja ainda: quais as diferenças entre a chapa fina frio e fina quente.

  • Aço galvanizado: produzido a partir da associação de zinco ao aço, viabilizando ao material uma excelente resistência à corrosão.
  • Aço Galvalume: como esse aço também é feito a partir da associação de zinco, ele possui as mesmas características. No entanto, o que muda é a sua composição química, pois leva alumínio e silício, enquanto a galvanização é 100% zinco.
  • Aço Inox: formado pela associação de níquel e cromo em alto forno a partir do ferro gusa, esse aço é extremamente resistente a oxidação. Por isso, também é muito utilizado em diversas estruturas.

Agora que você conheceu cada um dos principais tipos de aço, faça a escolha certa para o seu objetivo. Nesse sentido, é preciso avaliar bem onde você irá comprar, bem como a qualidade do aço. Por isso vale a pena contar com uma empresa que é forte na fabricação de diferentes tipos de peças de aço, inclusive para quem procura por aços planos.

A Soluções Usiminas, empresa do Grupo Usiminas, possui 7 unidades de negócio presentes em quatro estados brasileiros e mais de 30 parceiros de serviços. Devido a proximidade de suas unidades industriais é possível garantir um eficiente processo logístico, que a permite atender clientes em todo o território brasileiro. Isto é, consegue entregar tanto por modais ferroviários, cabotagem, como pelos tradicionais meios terrestres.

Toda essa estrutura e logística permite atender demandas de portes e de segmentos

variados. Tudo isso, de forma customizada, em qualquer quantidade e formato. Então, priorize a qualidade e a eficácia, conte conosco para adquirir os materiais em aço de que necessita.

Susi
Susi

Olá, eu sou a Susi, atendente virtual da plataforma de vendas da Soluções Usiminas. Sou expert em aço e vou ensinar tudo o que aprendi pra vocês.

Compartilhe nas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email